Igreja de Santa Cruz

Templo que remonta ao séc. XV com origem na Ordem de Santiago é composto por uma única nave com paredes de alvenaria apresentando quatro altares colaterais além do altar mór.

Em 1487 é Igreja Paroquial sendo elevada a Igreja Matriz em 1521, após a formação do Município, com D. Manuel I.

O actual aspecto da Igreja, resulta dos arranjos efectuados entre 1835 e 1850. Em 1910 é encerrada ao culto, reabrindo posteriormente no ano de 1929. Na fachada principal, um Portal Renascentista – sécs. XV/XVI, que apresenta no lintel as insígnias da Ordem de Santiago.

Do período setecentista, os azulejos, destacando-se os painéis de azulejos historiados da Capela-Mor, caracteristicos do Barroco, representando o da direita “O Baptismo de Cristo”, e o da esquerda, “O Percursor anunciando ao povo a vinda do Messias”.

A pintura da abóbada Neoclássica cuja autoria é atribuida ao pintor francês – Mestre Pierre Bordes, encontra-se actualmente descaracterizada após obras efectuadas em 2001.

Esta entrada foi publicada em Edificado Religioso. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s